NOTÍCIAS

A camisinha estourou, e agora?


Quem já passou por este momento, sabe que surgem muitas dúvidas. Se a sua preocupação é com a gravidez indesejada, a dica é: usar o quanto antes a pílula do dia seguinte.
 
Ela retarda a ovulação, impede a fecundação e, caso o encontro com o espermatozóide já tenha ocorrido, não deixa o óvulo se fixar no útero. Isso acontece devido à alta dose de levonorgestrel, um tipo de progesterona, que a pílula libera no organismo. 
 
Informações superimportantes:
O método é emergencial!  Se usada várias vezes, além de bagunçar o ciclo menstrual, a eficácia é reduzida,
A pílula não previne contra ISTs. 
Ela só tem efeito se tomada no máximo 72 horas após a transa. Quanto maior a demora, menor a eficácia. 
Como a pílula mexe com o sistema hormonal, pode trazer vários efeitos colaterais, como dor nas mamas, intolera^ncia gastrointestinal, dor de cabeça e alterac¸o~es na menstruac¸a~o. Mais um motivo para não abusar desse recurso.
 
Converse com seu ginecologista após usar a pílula do dia seguinte e aproveite para falar sobre outros métodos contraceptivos além da camisinha, além de exames para verificar possíveis ISTs! 
 





Listar todas