NOTÍCIAS

Exames que toda mulher deve fazer


Março, o mês que marca a comemoração do Dia Internacional da Mulher! Que tal aproveitar esse importante marco feminino para cuidar da sua saúde e realizar alguns exames superimportantes? Se você não sabe quais são eles, a gente explica!

Papanicolau
Um exame de extrema importância para a vida de qualquer mulher. O papanicolau é um tipo de diagnóstico preventivo, por meio da análise das células do colo do útero. Isso faz com que problemas que possam se tornar graves sejam detectados ainda em suas fases iniciais, onde as abordagens e tratamentos são mais efetivos. Além disso, ele ajuda a identificar infecções, inflamações vaginais e doenças sexualmente transmissíveis que não possuem sintomas externos.

Mamografia
Ela consiste em um raio-x das mamas onde o médico consegue investigar um potencial câncer. Lembrando que, mesmo mulheres que não possuam sintomas ou nódulos, devem realizar a mamografia, especialmente após os 50 anos.

Ultrassonografia de mamas
A ultra-sonografia não é um exame de rotina, mas pode complementar a mamografia em várias situações, principalmente em mulheres mais jovens, entre 30 e 50 anos. Sempre importante individualizar sua indicação

Ultrassom transvaginal
Seja por via abdominal ou transvaginal, se trata também de um exame complementar, fazendo parte da investigação quando a entevista ou exame clínico sugerem anormalidade nos órgãos genitais internos femininos.
 

Março, o mês que marca a comemoração do Dia Internacional da Mulher! Que tal aproveitar esse importante marco feminino para cuidar da sua saúde e realizar alguns exames superimportantes? Se você não sabe quais são eles, a gente explica!

Papanicolau
Um exame de extrema importância para a vida de qualquer mulher. O papanicolau é um tipo de diagnóstico preventivo, por meio da análise das células do colo do útero. Isso faz com que problemas que possam se tornar graves sejam detectados ainda em suas fases iniciais, onde as abordagens e tratamentos são mais efetivos. Além disso, ele ajuda a identificar infecções, inflamações vaginais e doenças sexualmente transmissíveis que não possuem sintomas externos.

Mamografia
Ela consiste em um raio-x das mamas onde o médico consegue investigar um potencial câncer. Lembrando que, mesmo mulheres que não possuam sintomas ou nódulos, devem realizar a mamografia, especialmente após os 50 anos.

Ultrassonografia de mamas
A ultra-sonografia não é um exame de rotina, mas pode complementar a mamografia em várias situações, principalmente em mulheres mais jovens, entre 30 e 50 anos. Sempre importante individualizar sua indicação

Ultrassom transvaginal
Seja por via abdominal ou transvaginal, se trata também de um exame complementar, fazendo parte da investigação quando a entevista ou exame clínico sugerem anormalidade nos órgãos genitais internos femininos.
 





Listar todas